20 de agosto – Dia dos Maçons. (Demo)

Na ocasião das Comemorações do Dia do Maçom no Brasil, neste 20 de agosto, queremos expressar nossos sentimentos mais sinceros de FRATERNIDADE, UNIÃO e PROSPERIDADE, para todas as Lojas e Irmãos de nossa Jurisdição, assim como, aos Irmãos espalhados pelos quatro cantos do Universo.

Esperamos que este dia, seja de alegria e de reflexão, que com SABEDORIA guie os seus passos, que a FORÇA nos anime a sustentar todas as dificuldades e a BELEZA possa sempre brilhar para o crescimento pessoal e da nossa Grande Loja do Paraná e da Maçonaria Universal.

Nós da Grande Loja do Paraná desejamos um Feliz Dia dos Maçons. Que o Grande Arquiteto do Universo proteja e guarde cada um dos Irmãos e suas respectivas famílias.

 

A seguir a mensagem do Sereníssimo Grão Mestre Irmão Valdemar Kretschmer.

 

Meus Irmãos – Que neste dia prepondere a alegria e a felicidade de ser maçom.
 
No dia 20 de Agosto comemoramos o dia do Maçom. É comum nesta data nos cumprimentarmos e desejarmos uns aos outros, feliz dia do Maçom.
Mas o que é felicidade?
De forma resumida podemos dizer que a felicidade é uma sensação plena de paz e alegria. É um estado de espírito resultante da liberdade, do bem-estar, da saúde, da harmonia, da estabilidade, da segurança, da realização de sonhos e da conquista de objetivos.
Quais são as condições para ser feliz?
Em cada fase da vida a felicidade tem motivações diferentes.  Não são pré-requisitos para ser feliz, possuir riquezas, poder e honrarias.    A alegria de viver consiste, principalmente, em ver o lado bom da vida, ser otimista e contentar-se com o que pode ser alcançado.    Ser feliz é não ser escravo da ganância, da vaidade e da ambição, pois mesmo sendo rico e tendo supridas todas as necessidades em níveis muito elevados, novas necessidades são geradas, que por vezes para supri-las, são desprezados valores éticos e morais, expondo-se a riscos da desmoralização, da degradação e da desonra.  Buda em uma das suas lições morais assim se expressou: “A extinção do sofrimento huma no está no desinteresse e no altruísmo”.  O altruísmo deve ser entendido como a capacidade de amar, de fazer caridade e de perdoar. Feliz é aquele que vê a felicidade dos outros sem sentir inveja.   Para ser feliz é fundamental que o ser humano liberte-se dos preconceitos, que ame como  gostaria de ser amado, que perdoe como gostaria de ser perdoado, que faça aos outros, somente o que gostaria que lhe fizessem. Quanto maior forem as dificuldades para realizar um sonho ou conquistar um objetivo, tanto maior serão os níveis de satisfação.
Como posso fazer as pessoas felizes?
Faz parte da filosofia e da doutrina maçônica, tornar feliz a humanidade pelo amor, pelo aperfeiçoamento dos costumes, pela tolerância, pela igualdade e pelo respeito a autoridade e a crença de cada um. O sorriso tem um imenso valor no momento em que se dá, não custa nada em esforço e dinheiro, mas enriquece a quem recebe.
Meus irmãos!
                         Ser maçom é ser grande vivendo na humildade;
                        É ser exemplo de conduta cidadã, sendo justo e honesto; 
                        É ser bom filho, bom esposo, bom pai, bom parente, bom vizinho, bom amigo;
                        É ser sábio, responsável, dedicado,fidalgo, gentil, educado, amável e cortês; 
                        É viver como colmeia, unida no amor e no trabalho;
                        É ter fé, praticar a caridade e ter esperança.
 
Feliz dia  do Maçom,
 
 
Valdemar Kretschmer
Grão Mestre   

[dmalbum path=”/wp-content/uploads/dm-albums/diado.maom/”/]

Deixe seu comentário